Data: 14/07/2011
Mês: Julho
Ano: 2011

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê uma trajectória gradual e contínua de crescimento do PIB real da Itália de 1,0% em 2011 para 1,4% em 2013, mantendo-se a partir deste ano um crescimento de 1,4% até 2016. Relativamente à taxa de desemprego, o FMI estima que esta diminua de 8,6% em 2011 para 7,4% em 2016.

Relativamente à necessidade líquida de financiamento das Administrações Públicas da Itália, o FMI estima que esta diminua de 4,1% do PIB em 2011 para 2,8% em 2016. Quanto à dívida pública, prevê-se uma diminuição de uma forma sistemática de 120,6% do PIB em 2011 para 117,8% em 2016. No que diz respeito à balança corrente, o FMI prevê que esta registe um défice de 3,8% do PIB em 2011 e diminua de forma gradual para 2,7% do PIB em 2016. 

 

Documento Original PDF