Data: 10/11/2011
Mês: Novembro
Ano: 2011

Segundo a Comissão Europeia, Portugal irá registar um crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) de -1,9%, -3,0% e 1,1% em 2011, 2012 e 2013, respectivamente.
Para 2012 e 2013, a Taxa de Desemprego em Portugal irá manter a tendência de subida para 13,6% e 13,7%, respectivamente. 
A Comissão Europeia prevê ainda que a Necessidade Líquida de Financiamento da economia portuguesa irá registar uma trajectória descendente de 6,1% do PIB em 2011 para 2,4% em 2013. 

Relativamente à situação orçamental, a Comissão Europeia prevê que o défice orçamental mantenha a trajectória descendente iniciada em 2010, passando de 5,8% do PIB em 2011 para 4,5% em 2012 e 3,2% em 2013. A dívida pública bruta continuará a trajectória ascendente passando de 101,6% do PIB em 2011 para 112,1% do PIB em 2013.

i010507
(Tabela: Comissão Europeia)

A Comissão Europeia prevê uma desaceleração do crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) de 1,6% em 2011 para 1,5% em 2013 na União Europeia e de 1,5% em 2011 para 1,3% em 2013 na Zona Euro. Relativamente à taxa de desemprego, a Comissão Europeia prevê que esta diminua de 9,7% em 2011 para 9,6 % em 2013 na União Europeia e registe um valor de 10,0% em 2011 e 2013 na Zona Euro. Em relação à situação orçamental, a Comissão Europeia prevê que o défice orçamental diminua sistematicamente de 4,7% do PIB em 2011 para 3,2% em 2013 na União Europeia e de 4,1% em 2011 para 3,0% em 2013 na Zona Euro. A dívida pública bruta da União Europeia registará 82,5% do PIB em 2011, aumentando para 84,9% em 2012 e 2013 e aumentará gradualmente na Zona Euro, de 88,0% do PIB em 2011 para 90,9% em 2013.

i010508


(Tabela: Comissão Europeia)

i010509
(Tabela: Comissão Europeia)
Documento Original PDF