Data: 28/09/2017
Mês: Setembro
Ano: 2017
O INE divulgou hoje os dados preliminares das Estatísticas das Empresas em Portugal para 2016, obtidas a partir do Sistema de Contas Integradas das Empresas (SCIE).
 
De acordo com o INE, em 2016, assistiu-se à melhoria generalizada dos principais indicadores das empresas não financeiras. O VAB e o emprego aumentaram 5,1% e 2,5%, respetivamente e o Excedente bruto de exploração aumentou 6,9%, face ao ano anterior. As PME registaram taxas de crescimento do Volume de negócios, VAB e EBE superiores às das empresas de grande dimensão. A produtividade aparente do trabalho aumentou 2,5%.
 

i026185.jpg

 

                                                        (Tabela: INE)

No que respeita às sociedades não financeiras, que representam 32,4% das empresas não financeiras, estas registaram evoluções positivas nos principais indicadores económicos em análise, com destaque para o VAB e EBE que cresceram, respectivamente, 5,4% e 7,9% (4,9% e 5,2% em 2015). As PME foram o tipo de sociedades que registou crescimentos mais significativos das principais variáveis económicas, nomeadamente do VAB que cresceu 6,3%.

O VAB das sociedades sem perfil exportador evidenciou um crescimento superior (6,5%) ao verificado nas sociedades com perfil exportador (3,1%).

Por sectores de atividade, o Alojamento e restauração destacou-se como sendo o que apresentou uma melhoria mais expressiva em 2016 na generalidade dos indicadores económicos, embora continuasse a ser aquele em que foi maior a proporção de empresas com resultados líquidos do período negativos.

 

i026186.jpg

 

                                                      (Tabela: INE)

 A rendibilidade sociedades não financeiras aumentou em 2016, a par com o aumento da proporção de sociedades com resultados líquidos positivos (+2,2 p.p. que em 2015).

i026187.jpg

 

                                                                                                                          (Gráfico: INE)

Documento Original PDF