Data: 17/05/2017
Mês: Maio
Ano: 2017
Em 31 de março de 2017, o emprego no sector das administrações públicas situava-se em 669 237 postos de trabalho, revelando uma subida de 1,0% em termos homólogos (mais 6 761 postos de trabalho).
 
Em comparação com o final do trimestre anterior, o emprego nas administrações públicas aumentou 5 416 postos de trabalho (0,8%), em resultado do aumento do emprego na administração central (mais 4 319 postos de trabalho correspondente a um crescimento de 0,9%), em particular no Ministério de Educação e no Sector Empresarial do Estado. Este aumento é reflexo da contratação de trabalhadores, em particular docentes para os estabelecimentos de educação e de ensino básico e secundário do Ministério da Educação e de médicos e enfermeiros nos estabelecimentos de prestação de cuidados de saúde, Entidades Públicas Empresariais (E.P.E.) e Agrupamentos de Centros de Saúde do Ministério da Saúde.

i025162.jpg

O emprego no sector das administrações públicas representava, a 31 de março de 2017, cerca de 12,9% da população ativa e de 14,4% da população empregada.

Em janeiro de 2017, o valor da remuneração base média mensal dos trabalhadores a tempo completo no sector das administrações públicas situava-se nos 1 457,5 euros, correspondendo a uma variação trimestral de cerca de 0,5% e a uma variação de 2,9% em termos homólogos.

Relativamente ao valor do ganho médio mensal dos referidos trabalhadores, este situava-se, em janeiro de 2017, nos 1 682,7 euros, correspondendo a uma variação trimestral de cerca de 1,0% e a uma variação de 3,7% em termos homólogos.

i025163.jpg

 

Documento Original PDF