Data: 07/07/2017
Mês: Julho
Ano: 2017
Em maio de 2017, o Índice de Volume de Negócios no Comércio a Retalho, deflacionado e corrigido dos efeitos de calendário e da sazonalidade, registou uma taxa de variação homóloga (VH) de 5,1%, valor superior ao observado em abril (4,5%).
 
Em termos desagregados, o Índice de Volume de Negócios de Produtos Alimentares registou uma variação homóloga de 3,2% e o Índice de Volume de Negócios de Produtos Não Alimentares registou uma variação homóloga de 6,6%, valores que comparam com 2,9% e 5,8% no mês anterior, respetivamente.
 

i025574.jpg

                                                                                                                           (Gráfico: INE)

Nota: Nesta data o INE inicia a apresentação de novas séries do Índice de Volume de Negócios, Emprego, Remunerações e Horas Trabalhadas no Comércio a Retalho, com dados retrospetivos desde Janeiro de 2005 e tendo como ano de base 2015=100. Estas novas séries substituem as anteriores que tinham como ano base 2010=100. Este processo de mudança de base foi obrigatório de acordo com os respetivos regulamentos da União Europeia.

Documento Original PDF