Data: 24/10/2017
Mês: Outubro
Ano: 2017
No 2º trimestre de 2017, o défice orçamental, corrigido de efeitos de sazonalidade e em percentagem do PIB, da Zona Euro aumentou para 1,2% do PIB (1,5% no 2º trimestre de 2016 e 1,0% no 1º trimestre de 2017). O défice da UE28 aumentou para 1,3% do PIB (1,7% no 2º trimestre de 2016 e 1,1% no 1º trimestre de 2017).
 
No 2º trimestre de 2017, o défice orçamental de Portugal, corrigido de efeitos de sazonalidade e em percentagem do PIB, fixou-se nos 1,6% do PIB (2,4% no 2º trimestre de 2016 e 0,8% no 1º trimestre de 2017).
 
Relativamente ao valor do 1º trimestre de 2017, o destaque do Eurostat inclui uma nota específica para Portugal onde refere que o défice não inclui qualquer impacto da recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD). A recapitalização da CGD deverá ascender a 4 874 milhões de euros (4 444 milhões de euros no primeiro trimestre de 2017), dos quais 3 944 milhões de euros foram realizados pelo Estado Português, representando 2,1% do PIB anual previsto. Dada a complexidade desta operação, existe uma troca contínua de informação e diálogo entre o INE e a Comissão Europeia (Eurostat) no que se refere à sua contabilização nas contas nacionais.
 
 

i026422.jpg

 

                                                                                                                            (Tabela: Eurostat)

 Documento Original PDF