Data: 19/01/2016
Ano: 2016
Segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI), em 2016 e 2017 o Produto Interno Bruto (PIB) mundial deverá crescer 3,4% e 3,6%, respetivamente. Trata-se de uma revisão em baixa para 2016 e 2017, face à previsão avançada em outubro de 2015, em 0,2 pontos percentuais (p.p.).
 
Para os Estados Unidos da América, o FMI reviu em baixa a sua previsão de crescimento do PIB em 2016 e em 2017 em 0,2 p.p., prevendo um crescimento de 2,6% em cada um daqueles anos para esta economia.
 
Relativamente à Zona Euro, o FMI reviu em alta a previsão para 2016 (em 0,1 p.p.) e manteve a previsão de crescimento para 2017, sendo agora a previsão de 1,7% em ambos os anos.
 
Dos países da Zona Euro referidos, para ambos os anos, foram revistas em alta as previsões de crescimento da Alemanha e Espanha, mantêm-se para Itália e são revistas em baixa para França. Assim, para 2016 e 2017, o FMI prevê um crescimento para a Alemanha de 1,7% em ambos os anos, para França de 1,3% e 1,5%, para Itália de 1,3% e 1,2%, e para Espanha de 2,7% e 2,3%, respetivamente.
 
O crescimento foi ainda revisto em baixa no Brasil em 2,5 e 2,3 p.p., em 2016 e 2017, respetivamente.

i021422.jpg

                                                                                        (Tabela: FMI)

Documento Original PDF