Data: 14/12/2011
Mês: Dezembro
Ano: 2011

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê que o crescimento do PIB real da Grécia registe um aumento gradual de -6% em 2011 até 3,2% em 2016. Relativamente à taxa de desemprego, o FMI estima que esta aumente de 17% em 2011 para 19,5% em 2013, diminuindo a partir daí de forma gradual e contínua para 17% em 2016.

 Em relação à Balança Corrente, o FMI prevê uma evolução crescente, passando de valores negativos de -8,4% em 2011 para -1,3% em 2016. A dívida bruta externa, segundo as previsões do FMI, deverá diminuir de 193% do PIB em 2011 para 172% em 2016.

 No que diz respeito às finanças públicas, o FMI prevê uma redução do défice orçamental de 9% do PIB em 2011 para 1,0% em 2016. A dívida bruta, por sua vez, registará uma diminuição de 162% do PIB em 2011, para 124% em 2016.

i010753

 

Documento Original PDF